CPA - Comissão Própria de Avaliação

RELATÓRIO PARCIAL DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO – CPA

Com o objetivo geral de promover a qualidade da oferta educacional em todos os sentidos e em atendimento ao disposto no art. 11 da Lei nº 10.861, de 14/04/2004, o CES-CL constituiu a Comissão Própria de Avaliação – CPA pela Portaria 005/10.

A partir das orientações constantes da Lei 10.861/2005, foi desenvolvido sob a responsabilidade da Comissão Própria de Avaliação – CPA, um projeto com o objetivo de implementar na Instituição o processo de avaliação nos diferentes segmentos visando a melhoria da qualidade do ensino e a gestão administrativa. O trabalho desenvolvido pela CPA teve três etapas importantes:

  • Etapa 1- sensibilização da comunidade acadêmica;
  • Etapa 2 – levantamento de dados e elaboração de relatórios parciais;
  • Etapa 3 – elaboração do relatório final e apresentação dos resultados a comunidade acadêmica.

Serão consideradas no processo de autoavaliação as dimensões previstas no artigo 3º da supracitada Lei:

  • a missão da instituição e seu Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI);
  • a política para o ensino, a pesquisa, a pós-graduação e a extensão;
  • a responsabilidade social de instituição;
  • a comunicação com a sociedade;
  • as políticas de pessoas, planos de carreira e as condições de trabalho;
  • organização e gestão da instituição;
  • infraestrutura física, recursos de informação e comunicação;
  • planejamento e avaliação;
  • política de atendimento aos estudantes e egressos;
  • sustentabilidade financeira.

Composição da Comissão

Composição da Comissão Própria de Avaliação – CPA

Presidente Marlon Souza Silva – Docente Titular

Vice-Presidente Nirlene Aparecida Carneiro Fernandes – Docente Titular

Procedimentos da CPA

Será adotada uma metodologia participativa que traga as opiniões de toda a comunidade acadêmica, de forma aberta e corporativa em conformidade com instrumentos e métodos combinados, com as necessidades e situações específicas, partindo do individual para o coletivo, favorecendo a convergência dos dados em torno dos objetivos comuns, bem como a busca compartilhada de soluções para os problemas apresentados.

No desenvolvimento do processo de autoavaliação, visando assegurar a coerência entre as ações planejadas e as metodologias adotadas, a CPA pretende-se:

  • realizar reuniões ou debates de sensibilização;
  • sistematizar as demandas/idéias/sugestões oriundas destas reuniões;
  • aplicar os instrumentos de coleta de dados: questionários;
  • analisar e interpretar dos dados;
  • elaborar o relatório de auto-avaliação;
  • organizar e discutir os resultados com a comunidade acadêmica;
  • divulgar os resultados;

O retorno dos resultados será feito através de:

Divulgação dos resultados gerais nos cursos;

  • Retorno individual dos resultados, aos professores do curso, através de documento contendo a análise individual do desempenho (entregue pelo coordenador);
  • Reuniões com corpo administrativo;
  • Reuniões com corpo docente; e
  • Informativo distribuído aos alunos quanto às melhorias efetivadas a partir da solicitação do corpo discente.

Os resultados finais serão utilizados no processo de sistematização e organização de cada semestre visando à melhoria da qualidade ensino e do processo administrativo. Além disso, a IES desenvolverá atividades de divulgação das iniciativas tomadas através da autoavaliação, visando dar-lhe credibilidade e garantir o cumprimento dos compromissos almejados.

O envolvimento de todos os segmentos da comunidade acadêmica na realização do processo, constitui-se em princípios para a qualidade em educação. O CES-CL prima pela transformação contínua, onde a preparação técnica caminha junto com a reflexão cultural de forma criativa e profunda. Isso passa pela contínua reflexão, pela participação dos alunos no processo, pela formação continuada dos docentes, pela cooperação e diálogo com as instituições e o contexto social no qual se vincula.

Nessa perspectiva, busca-se a adequação entre o idealizado e o concretizado na qual o CES-CL acredita que a avaliação condiciona reflexão coletiva sobre as ações institucionais e promove a qualidade da oferta educacional em todos os sentidos, almejando que os resultados sejam coerentes com os objetivos estabelecidos para este plano de desenvolvimento institucional.

Princípios da autoavaliação

  • Legitimidade;
  • Autenticidade;
  • Imparcialidade;
  • Respeito à identidade institucional e suas características próprias;
  • Continuidade;
  • Regularidade; e
  • Disposição para a mudança.

O Programa de Avaliação Institucional objetiva manter os diferentes setores de trabalho informados sobre seus aspectos de excelência, deficiência e carência, de tal forma que sejam tomadas decisões administrativas que gerem ações necessárias para promover correções dos desvios e carências e/ou manter e animar o que se mostrou como de excelência, com vistas a rever e aperfeiçoar o seu Projeto Institucional.

a Direção

Educação com Qualidade e Eficiência

Onde estamos

O Centro de Ensino Superior de Conselheiro Lafaiete/MG, situa-se à rua Lopes Franco, 1001, – Carijós – Conselheiro Lafaiete/MG - Nosso número: (31) 3761-2223

Conecte-se conosco